Road to Rio 2016: treinamento e orientação para profissionais paraolímpicos

155 atletas, classificadores, treinadores e dirigentes esportivos paraolímpicos de toda a América foram orientados e treinados por especialistas. Ação serviu como uma preparação para os próximos Jogos Paraolímpicos Rio 2016.

160125181542638_Road+To+Rio+workshop+Agitos

O programa de sessões da Fundação Agitos – Agitos Foundation Sessions-, organização líder global no desenvolvimento de atividades esportivas para pessoas com deficiência, ocorreu entre os dias 16 e 18 de janeiro da cidade do Rio de Janeiro, concluindo o cronograma que já treinou 155 atletas, treinadores, dirigentes esportivos e classificadores de 23 países das Américas. As chamadas sessões são, na verdade, uma série de atividades de orientação e capacitação, parte de uma parceria entre a Fundação Agitos, o Comitê Organizador dos Jogos Paraolímpicos Rio 2016 e do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Elas sido um real investimento ao para-esporte desde os Jogos Parapan-americanos de Toronto de 2015 até os Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro em setembro deste ano.

As sessões no Rio de Janeiro envolveram 27 técnicos e atletas da modalidade de Levantamento de Peso da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Honduras, Jamaica e Nicarágua. Doze atletas participaram de sessões promovidas por Renato Leite, membro da equipe paraolímpica brasileira de voleibol, que é composta por cadeirantes.

Quinze treinadores de Levantamento de Peso receberam o treinamento do presidente do Comitê Técnico de Esportes de Levantamento de Peso do Comitê Paraolímpico Internacional, John Amos. Eles puderam demonstrar suas habilidades técnicas e táticas na formação dos atletas, tendo a oportunidade de testar o que aprenderam nos chamados campos de treinamento desenhados especialmente para a ocasião.

Os atletas ainda puderam participar do Workshop do Programa de Transição de Carreira, uma iniciativa procedente da parceria entre o Comitê Paraolímpico Internacional, o Comitê Paraolímpico Brasileiro e a Adecco. Este programa incidiu diante das aspirações de carreira dos atletas e como eles podem traduzir as suas competências adquiridas durante suas carreiras desportivas ao mercado de trabalho.

131211150120953_Adecco-IPC_Square+Banner-01

O argentino Lucas Gareca, atleta de Levantamento de Peso, aprovou o treinamento: “troca de experiências na formação prática é algo realmente valioso. Eu gosto de conhecer atletas de diferentes países fora das competições”, disse. Ele ainda se mostrou satisfeito com o workshop do Programa de Transição de Carreira: “o curso reforçou o quanto é importante terminarmos o ensino médio, e também me ofereceu dicas e novas formas de como posso preparar o meu currículo, o que devo fazer para procurar emprego e até como posso atrair um patrocinador!”.

De Cuba, a campeã no Levantamento de Peso nos Jogos Parapan-americanos de Toronto de 2015, Leidy Rodriguez, disse: “esta foi a primeira vez que participei de um curso como esse (eu sou da zona rural de Cuba). Estou muito impressionada, a melhor parte para mim foi compartilhar nossas histórias pessoais e aprender como podemos conduzi-las”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *