Os cinco pontos chave que definem a sua imagem pessoal online

online-presence

Atualmente, a maior parte do processo de seleção de pessoal se passa pela internet. Por isso, sua presença online é tão importante que deve ser lidada com cautela para não prejudicar sua imagem profissional. Além de ter em conta o modo de controlar a privacidade em suas redes sociais, é fundamental, também, considerar os pontos chave que definirão a imagem que os recrutadores farão de você:

Perfil no LinkedIn: é um dos grandes protagonistas da busca de emprego. Um perfil completo e atrativo pode ser o segredo para receber mais ofertas profissionais e ser pré-selecionado para entrevistas. Mantenha sempre seu perfil ativo, ele permitirá expandir os seus contatos e facilitará a sua comunicação com profissionais e empresas do seu setor.

Ortografia e gramática: grande parte das suas interações na internet é pública e automaticamente se converte como parte de seu currículo. Lembre-se que suas publicações e comentários online também poderão ser vistos por empregadores interessados em profissionais como você. Por isso, assim como um currículo com erros gramaticais e ortográficos raramente é aceito em uma pré-seleção, evidenciar esses deslizes em suas postagens online causará o mesmo efeito.

Critério: as fotos que você posta, os comentários que faz, o conteúdo que você compartilha… Tudo isso contextualiza o seu critério de interação com o meio e com as pessoas. Seja cauteloso e não compartilhe imagens ou textos que lhe comprometam ou que transmitam a ideia de uma pessoa irresponsável, despreocupada e pouco profissional. Saber o que e quando compartilhar é uma decisão que também indica a forma como você se relaciona com os demais; o relacionamento interpessoal é um critério de avaliação fundamental entre os recrutadores.

Cultura empresarial: hoje em dia, as empresas buscam candidatos que não somente cumpram com os requisitos mais técnicos de cada posição (habilidades e competências), mas que possam sentir e incorporar a cultura de uma companhia, ou seja, que aderem os seus valores e interesses e que compartilhem propósitos semelhantes. Ao realizar a seleção dos candidatos ao cargo, é muito provável que os recrutadores tentarão descobrir em suas redes como os seus interesses se ajustam à cultura organizacional da empresa.

Paixão: por fim, todas as empresas buscam por pessoas apaixonadas, não somente por seu trabalho ou sua profissão, mas também no âmbito pessoal. Cada vez mais, empresas esperam encontrar candidatos determinados, engajados, otimistas e, fundamentalmente, com vontade de aproveitar o melhor da vida. O entusiasmo e atitudes positivas são virtudes altamente valorizadas no mundo corporativo e facilmente detectáveis em sua presença online.

 

O próximo passo é analisar seu comportamento online, o que publica, curte ou compartilha, para então descobrir se ele irá ser decisivo em sua conquista de novas oportunidades profissionais 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *