5 dicas para manter seus colaboradores motivados

2619

O mercado de trabalho atual tem passado por transformações expressivas: a geração Y está remodelando a paisagem dos departamentos, os baby-boomers estão começando a se aposentar e há uma grande escassez de talentos entre a maioria das carreiras, em especial profissões relacionadas a ciências e tecnologia. Empresas e suas lideranças estão deixando de perceber o óbvio: a atração e retenção de talentos precisam ser tratadas como prioridade.

Ainda que os departamentos de recursos humanos têm se concentrado para atrair novos talentos, muitas organizações estão sofrendo para manter seus melhores profissionais em seu quadro de colaboradores. A motivação é um elo significante que mantém firme a relação entre empresa e funcionário, e é uma ótima maneira de assegurar a satisfação de todos os envolvidos. Sentir que nosso trabalho está sendo notado e apreciado nos dá energia para buscar resultados cada vez melhores, envolvendo também os colegas ao redor em busca de melhores desempenhos conjuntamente.

Sobre motivação

De modo geral, a motivação pode ser definida como ter motivos para agir de certa maneira ou desempenhar determinada função. Assim, ela se dá de duas formas primárias: intrínseca, sendo uma unidade interna para se obter o interesse e o desejo de cumprir metas; e extrínseca, quando se trata de algo tangível, ou seja, remuneração, benefícios e outras vantagens oferecidas por uma organização. Devido ao fato de que as pessoas se motivam de diferentes formas, muitas vezes é possível associar os dois tipos de motivação e aplicá-las simultaneamente em um ambiente de trabalho. Logo, enquanto algumas pessoas são movidas unicamente pela satisfação de se sentir mais importantes ou ter mais poder em suas posições, outros querem uma recompensa concreta como uma promoção ou bônus no fim do mês. É importante manter isso em mente ao escolher qual tipo de motivação abordar.

Dicas para manter os funcionários motivados:

  1. Inclusão: encorajar colaboradores a contribuir com ideias e dá-los autonomia para gerenciar pequenos projetos. Isto ainda favorece a sua contribuição com a equipe e os dá confiança para discutir sobre assuntos com mais facilidade e expor suas opiniões com maior propriedade;
  2. Reconhecimento: desenvolver programas de recompensa que premiem de forma justa. É importante que exista transparência, isto e, é necessário que as premiações engajem outros colaboradores a executarem desempenhos similares. Tenha em mente o tipo de pessoa que você está tentando motivar, porque é importante entender as características específicas que podem motivar seu funcionário. Lembre-se: você não precisa quebrar um banco – um elogio em uma reunião de equipe já é um bom começo;
  3. Atenção: possua uma política de portas abertas com os seus colaboradores. Você não apenas irá motivá-los a procurá-lo com perguntas, mas você estará mais presente com eles. Conheça o seu funcionário, seus pontos fortes, desejos e metas em longo prazo, bem como aspirações de sua vida pessoal. Mostre que você se preocupa com a sua carreira e sua vida fora do ambiente de trabalho;
  4. Remuneração: converse com o seu departamento de Recursos Humanos para entender do mercado. Assegure-se que a remuneração que está oferecendo aos seus colaboradores é competitiva em relação a outros empregadores e se é capaz de engajá-los;
  5. Incentivos: não há duvidas que oferecer capacitação ao seus funcionários irá ajudá-los a melhorar seu desempenho. Há muitos meios de fazer isso, portanto é muito importante que sua empresa saiba o que exatamente pode otimizar os resultados de sua equipe. Investir em cursos, parcerias e treinamentos é uma ótima maneira de reconhecer aqueles que dentro da empresa estão mostrando melhoria e crescimento, além de motivar os demais a melhorarem a sua performance. Seja criativo!

Em suma, os funcionários que têm um bom equilíbrio de fatores de motivação intrínseca e extrínseca são mais propensos a permanecer em sua posição. Além disso, eles querem sentir que os seus gestores se preocupam e admiram os seus esforços no trabalho. Atenção: jamais use o medo como uma tática de motivação; as emoções negativas ou comportamentos ameaçadores são prejudiciais para o relacionamento. Equidade é um ponto crítico. Por isso, mantenha relacionamentos consistentes com todos os membros da sua equipe enquanto se concentra em realizações positivas para cada indivíduo. Respeite as diferenças e peculiaridades e reforce sempre o papel e importância que cada um desempenha para o sucesso dos seus negócios.

11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *