Que a busca por trabalho não te desanime!

2382

Sabemos que qualquer processo de busca por um emprego, inevitavelmente, gera estresse: seja a ansiedade antes da entrevista, o período de espera pelo retorno do recrutador, a angústia de quando os resultados são inesperados ou a incerteza de não saber quanto tempo durará o processo seletivo; situações como essas são muito comuns, portanto, não se sinta culpado por senti-las!

No entanto, existem muitas barreiras e obstáculos que geramos involuntariamente que puxam a nossa energia e autoestima para baixo, como pensamentos negativos, autocritica e atitudes que não nos beneficiam. Com um pouco de esforço, podemos evitar que comportamentos assim se repitam e fazer com que a busca por um emprego seja mais saudável e menos desagradável. Selecionamos, a seguir, três dicas fundamentais que você poderá colocar em prática a partir de agora:

1 – Não alimente fantasias: quando certa situação não sai exatamente como queremos, tendenciosamente começamos a pensar que tudo seria muito melhor se tivéssemos feito ou agido de “uma forma diferente”. Sentimos culpa e nos afligimos por uma hipótese que de fato desconhecemos e, além de ser um gasto desnecessário de energia, nos distanciamos de nossas metas fundamentais fazendo-nos esquecer do que realmente importa. Por essa razão, concentre-se no presente; se os erros não podem mais ser reparados, pelo menos você poderá evitar cometê-los novamente. Sua chance de fazer algo diferente é agora, não se esqueça!

2 – Tenha metas diárias: estabeleça uma série de objetivos em seu dia a dia durante o período de busca, desde a realização de novos cursos de capacitação e extensão até atividades mais rotineiras como ampliar seu networking com novos contatos, buscar saber mais sobre empresas do seu interesse, estudar tendências de mercado e explorar assuntos que estão fora de sua zona de conhecimento. Ações como essa evitarão que você sinta o tempo passar sem que você esteja fazendo algo efetivamente produtivo. Comprometer-se a realizar essas tarefas poderá demandar de você tempo e esforço, no entanto, tornará mais dinâmica a sua busca e permitirá que você encontre com mais praticidade aquele emprego tão desejado;

3 – Não se autodeprecie: atitudes extremamente autocriticas e exigentes gerarão ainda mais estresse e ansiedade. Jamais pense que você não é bom o suficiente para determinada posição, nem se desmoralize pensando que outras pessoas são melhores e mais merecedoras que você. Muitas vezes, nossas barreiras são somente psicológicas – e somos nós quem as criamos, erroneamente. Sempre busque dar o seu melhor e se prepare para cada oportunidade seguindo os nossos conselhos. Um trabalho diário e uma consciência tranquila serão os melhores aliados em sua busca por um emprego.

Para encontrar um trabalho é necessário, primeiramente, ter uma boa predisposição. Ter em conta estes e outros conselhos contribuirão para que você conserve sempre uma atitude positiva e saudável diante das oportunidades. Jamais desista! Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *