Dia Internacional da Juventude

Otimismo: 77% dos jovens estão confiantes de que irão encontrar trabalho no primeiro ano após os estudos

Pesquisa global realizada pela Adecco revela jovens esperançosos e prontos para encontrarem o trabalho ideal

3770

12 de agosto. O Grupo Adecco, fornecedor líder mundial em soluções de RH, notabiliza o Dia Internacional da Juventude deste ano com um novo relatório sobre as expectativas dos jovens prestes a ingressar no mercado de trabalho. Ele descobre que – em contraste com a narrativa predominante – a maioria dos jovens está confiante de que irá encontrar rapidamente um emprego, além de estarem certos de que possuem as habilidades necessárias para conquistarem o seu trabalho ideal. A experiência de trabalho é o que eles mais precisam para conquistar o sucesso.

A pesquisa abrangeu 9.572 jovens entre 18 e 30 anos em 13 países para avaliar as expectativas sobre o mundo do trabalho e sua consciência das habilidades exigidas pelo mercado de trabalho. Quase oito em cada 10 (77,47%) dos entrevistados acreditam que irão encontrar um emprego dentro de um ano após terminarem seus estudos.

Os suíços são os mais confiantes (89,66%), seguidos pelos estadunidenses (84,38%). Na direção oposta estão os espanhóis, os menos otimistas (57,84%), resultado compreensível se considerarmos a taxa de desemprego na Espanha que atinge 45,8% entre os jovens.

Quase três quartos (73,08%) dos entrevistados sentem que estão preparados e com as habilidades certas. Os alemães são os mais confiantes (89,11%), enquanto que os japoneses se mostram como os mais inseguros (31,54%). Em relação às competências específicas necessárias para o futuro do trabalho, línguas (56,68%) e experiência prática (53,70%) são citados como mais relevantes, com competências digitais em terceiro lugar (41,48%). Mais de dois terços (68,45%) dizem que têm um trabalho dos sonhos em mente. Quando perguntado o que eles precisavam para obtê-lo, a experiência de trabalho ficou em primeiro lugar. Em relação às aspirações ao longo dos próximos 10 anos, a “estabilidade financeira” vem em primeiro lugar, seguido de “morar próximo ao trabalho” e “trabalhar em uma empresa política e socialmente responsável”.

O otimismo dos entrevistados parece surpreendente se compararmos à preocupação dos empregadores em relação ao cenário atual de incompatibilidade de talentos: 40% dos que empregam afirmam que não conseguem encontrar as habilidades certas para os seus negócios. No entanto, a pesquisa mostrou que os jovens estão indo na direção certa e têm a compreensão das prioridades necessárias para chegar até a conquista de um bom emprego.

Em um mundo de mudanças contínuas, conhecimento e habilidades específicas se tornam obsoletas mais rapidamente. Da mesma forma, competências transversais como criatividade, abertura à aprendizagem contínua e inteligência social tornam-se cada vez mais importantes. A experiência de trabalho é fundamental para o desenvolvimento de habilidades sociais. Pesquisas anteriores da Adecco descobriram, inclusive, que países com sistemas educacionais desenvolvidos, como Suíça e Alemanha, são particularmente mais bem sucedidos na luta contra o desemprego dos jovens.

Soluções são urgentemente necessárias. Em curto prazo, o setor privado pode apoiar os jovens através de orientação profissional e estágios. Em médio prazo, no entanto, as reformas estruturais serão necessárias para atualizar os sistemas tradicionais de educação superior e integrá-los com os regimes vocacionais, tais como a aprendizagem.

Alain Dehaze, CEO do Grupo Adecco, diz: “Eu busco incentivar os jovens a pensarem grande, focando em seus sonhos e construindo as bases para o seu futuro. No entanto, a empregabilidade dos jovens é uma responsabilidade partilhada. Parcerias público-privadas são essenciais para projetar sistemas de educação capazes de moldar os perfis com as competências que o mercado de trabalho necessita, considerando os interesses dos jovens e a sociedade como um todo”.

A Adecco está empenhada em promover a empregabilidade dos jovens e ajudá-los a entrar no mercado de trabalho através de uma série de programas desenvolvidos, tais como Adecco Way to WorkTM, CEO for One Month, Win4Youth, juntando-se ao Global Apprenticeship Network (GAN) e como membro fundador do Nestlé Alliance for Youth. Desde 2015, mais de cinco mil estágios e 80 posições no programa “CEO for One Month” (CEO for um mês) foram dados a jovens em todo o mundo como parte do programa Adecco Way to WorkTM.

 

Download da pesquisa da Adecco ‘Young People and Work: Dreams and Readiness’

Assista ao vídeo  da pesquisa da Adecco ‘Young People and Work: Dreams and Readiness’

Download do Infográfico sobre as iniciativas do Adecco para impulsionar a empregabilidade dos jovens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco